terça-feira, 27 de janeiro de 2009

O nosso cérebro


(Bem, está certo que os meus dotes artísticos não são muito louváveis xD, mas creio que dá para entender...)
Legenda:
1- Lobo Parietal
2- Lobo Frontal
3- Lobo Temporal
4 -Lobo Occipital

- O cérebro é o órgão onde se processam as representações do objecto.

Cada hemisfério do cérebro é constituído por quatro lobos e cada um deles empenha funções especificas.

Elementos constituintes do acto de conhecer:
Origem etimológica da palavra conhecer - Deriva do latim cognoscere, que significa a captação conjunta, isto é, uma reunião de dados numa representação ou uma compreensão desses dados.
Conhecer significa representar, isto é, ter presente na mente um certo objecto de pensamento. A nossa mente funciona de um modo análogo a um espelho, na qual a realidade aparece sob a forma de uma imagem mental, que representa ou está ali em vez do objecto.
O conhecimento seria, portanto, uma organização dos dados, ou informações que os nossos sentidos apreendem do mundo exterior ou interior.
Etapas/momentos do conhecimento
O processo de conhecimento envolve vários elementos e desenrola-se em diversas etapas. A sensação, a percepção e a elaboração racional dos dados perceptivos são os elementos necessários para a construção do conhecimento.

Sensação

Consiste na transmissão de um sinal sob a forma de um influxo nervoso, desde o órgão sensorial até a um centro de recepção e de descodificação desse sinal (espinal medula ou cérebro), por isso, a sensação liga o organismo com o meio, através dos órgãos sensoriais (visão, audição, olfacto, gosto e tacto).
Cada órgão dos sentidos recebe diferentes estímulos- os olhos recebem estímulos luminosos, os ouvidos estímulos sonoros, etc...
Estes estímulos são transmitidos até um centro nervoso (espinal medula ou cérebro) onde são descodificados, dando origem a uma resposta motora.
Percepção
O que é que a sensação nos transmite?
Ora, por exemplo, quando olhamos uma laranja, a nossa mente reconhece o objecto. Como sendo redondo, doce, rugoso, capaz de matar a sede num dia quente de Verão, etc.
Todas essas características que surgem na nossa mente são informações fornecidas pelos estímulos visuais que captamos naquele momento?Claro que não. Quando a vemos reunimos uma série de dados, ou porque estamos, simultaneamente, a apreender outros dados provenientes de outros sentidos ou porque temos gravados na nossa memória esses outros dados que evocamos e reunimos para poder identificar o objecto que os nossos sentidos nos mostram naquele momento.

2 comentários:

11ºE disse...

espectacular:D

MARINA Nº11

Anónimo disse...

Sue, está muito giro :)

Beijinhos Luísa Silva