sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

não consigo traçar o teu rosto,
nem observar o teu olhar,
não alcanço o timbre da tua voz,
não sinto o teu bater.
Porque te levaram?
Distante de mim…
Sem uma palavra,
Sem um gesto,
Sem um carinho,
Um ADEUS.
Vida arbitrária esta,
que sentimento este,
sinto-me sufocada,
preciso tocar-te,
saber de ti.
Será saudade?
Talvez seja…
Não sei!
Não sei o seu verdadeiro significado.
Mas se for,
Então estou a secar,
A desaparecer,
De tanta nostalgia.

bem... estava um pouco triste, num daqueles dias em que nos sentimos mais "sensíveis",
visitei o blog da turma... ah e aproveito já para dizer que está fantástico meninas:)
PARABENS! então começei a rabiscar:)

patrícia
nº1

4 comentários:

11ºE disse...

linda, o poema está lindo, lindo... :D Tens muito geito para escrever!
Amei... Continua a participar :)

Beijinho

Vera Teixeira

11ºE disse...

Está lindo o poema... Continua a vir aqui que tens muito geito e faz sempre bem deixar aqui alguma coisa!!!!

Beijinhos grandes linda!!!!*

Verónica Fraga

Anónimo disse...

obrigado:) não tenho muito jeito para estas coisas mas pronto! o blog está tão cmpleto tão bonito que não resisti em escrever algo e tb cmo estava um pouco triste, foi mais um motivo! bjnh pra voces meninas

Anónimo disse...

obrigado:) não tenho muito jeito para estas coisas mas pronto! o blog está tão cmpleto tão bonito que não resisti em escrever algo e tb cmo estava um pouco triste, foi mais um motivo! bjnh pra voces meninas