sábado, 31 de janeiro de 2009

Capricho ou gosto?


Capricho ou gosto?


Nem eu própria sei...
Mas agora como é que eu posso argumentar?
Como é que eu posso defender o meu desejo?
Como é que eu posso lutar por aquilo que quero?
Poderei arriscar baseada em linhas de pensamento?

Perguntas sem resposta que me assombram a cabeça. Não me quero arrepender, e a típica frase "só te arrependes daquilo que não tentas" é-me insuficiente para resolver a minha dúvida.

Acho que vou arriscar... Se o fizer falo-ei de cabeça erguida, sem olhar para traz, caminhando num caminho que o amo só de o imaginar. Se por ventura descobrir que era um capricho paro de caminhar e tento encontrar outro camonho que seja realmente o meu
.

3 comentários:

Pimenta disse...

Adorei!! =)

11ºE disse...

ontem disse-te tudo o que tinha a dizer.
desculpa se não era isso que esperavas que te dissese.
estou aqui.
Força.
se for apenas um caprixo lança-o o fora e nao te deixes ir abaixo por isso.
Es grande rapariga.

marina º11

11ºE disse...

adorei o texto e gostaria de saber o que te fez escrevê-lo!!!!!!!!

Beijinhos grandes verónica*