quinta-feira, 4 de dezembro de 2008

O que é a Filosofia para mim?

Pedir para definir Filosofia é impossível. Certamente que existe uma definição própria, aceite e defendida por um grande número de filósofos de renome, mas visto que esta área proporciona uma extensa liberdade de pensamento, todos se encontram no direito de refutar o conceito que, contrariamente ao que sucede nas restantes disciplinas, nos é sugerido. E este facto é o que mais me agrada na Filosofia, o facto de não haver barreiras espirituais e de podermos voltar a ser crianças maduras sem nos envergonharmos por isso.
Nada é certo, nem mesmo os ensinamentos científicos onde H é hidrogénio e CO2 dióxido de carbono. A Filosofia é o Mundo dos porquês e do respeito inteletual, pois ninguém sabe tudo e, honestamente, nenhum filósofo deve estar realmente interessado em o saber, porque se tal acontecesse, o Mundo perderia todo o sentido, a diversão terminaria. A Filosofia é um labirinto, um labirinto profundo e sinuoso: por mais que rebusquemos entre os muros da sapiência, procurando a saída, nem ao Minotauro chegamos, embrenhando-nos cada vez mais num cortante desespero.
É nesta disciplina que podemos cogitar, numa reflexão inquiridora, abstracta; alargar os nossos horizontes intelectuais humildemente; voar até Mundos distantes no aconchego do sofá, que se calhar não é um sofá aos olhos de outro ser Humano...
E poderia prolongar-me mais e mais, mas temo que alguém não seja apologista das minhas ideias, porque isso é possível, na Filosofia tudo é possível!

Verónica Fraga nº18

2 comentários:

11ºE disse...

ai veronica nem sei que te diga rapariga

marina nº11

Carla Sofia Vieira da Silva disse...

O que eu nais gosto é daquela oarte em que dizes que na filosofia tudo é possivel...

Ela é o nosso mundo dos sonhos:)

bjnh amori